O Aeroporto de Beja é uma infraestrutura adjacente à Base Aérea nº. 11, da Força Aérea Portuguesa, situando-se a SW da mesma, alargando a sua utilização ao uso civil. Para o efeito, a COBA conduziu estudos desde a fase de Plano Diretor, passando pelo Estudo Prévio e Projeto de Execução, Estudos de Impacte Ambiental e a Monitorização Ambiental durante a construção.

Durante estes estudos foram definidas as infraestruturas do terminal civil bem como a sua localização.

As aeronaves destinadas ou provenientes deste terminal usarão a pista da Base Aérea.

O projeto do Terminal Civil compreendeu as suas Áreas Operacionais (Lado do Ar) e as Infraestruturas Urbanísticas (Lado de Terra) correspondentes.

O projeto do Lado do Ar incluiu uma placa de estacionamento de aviões de grande dimensão e um caminho de circulação, que estabelece a ligação entre esta placa e a pista principal da Base Aérea.

Este projeto envolveu não só os trabalhos de construção civil (terraplenagens, pavimentação e drenagem), mas também o projeto da sinalização luminosa e seu controlo a partir da Base Aérea.

O projeto do Lado de Terra compreende as terraplenagens gerais e arruamentos, a integração paisagística, a distribuição de energia a postos de transformação, a iluminação exterior, as infraestruturas para telecomunicações e a rede de gás. As infraestruturas do Lado de Terra correspondem a toda a rede de arruamentos e parques de estacionamento para serventia dos diferentes edifícios.