O projeto básico, dividido em dois lotes, foi elaborado entre 2011 e 2013 para a Prefeitura do Rio de Janeiro. Com 32 km de extensão, incluía 4 terminais intermodais e 28 estações, sendo que seguiu para projeto de execução apenas o 2º Lote.

O projeto de execução consistiu na implantação de um corredor exclusivo de ónibus, entre o início da Avenida Brasil, no Bairro do Caju e Deodoro com extensão de aproximadamente 23km, 16 estações e acessos aos futuros terminais.

O sistema de tráfego geral e local adjacente ao corredor exclusivo de ônibus foi ajustado, sendo o novo conjunto viário constituído por quatro trechos.

O corredor BRT está enquadrado na estruturação e racionalização do sistema de transporte público de passageiros por ônibus existente no Rio de Janeiro. Em articulação com outros corredores de características semelhantes, constitui um sistema de transporte coletivo inovador, ambientalmente limpo e de alta capacidade, que opera em vias segregadas, levando a qualidade do transporte sobre carris para o transporte viário. O sistema BRT evidencia grande eficiência em corredores de tráfego elevado em várias cidades no mundo.

A COBA desenvolveu os estudos da geometria do traçado de aproximadamente 14.3 km, nomeadamente os Trechos 2, 3 e 4 entre os kms 3+200 e 17+500 da Av. Brasil.

A COBA desenvolveu também os projetos de execução dos Viadutos da Transcarioca II, dos Viadutos de Acesso ao Terminal das Missões e ao Terminal das Margaridas.